Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Jundiaí e Região

Quem Somos

Quem Somos

Quem Somos

Tudo começou na década de 40, quando um grupo de trabalhadores resolveu montar a Associação dos Oficiais Marceneiros e Trabalhadores nas Indústrias de Móveis de Madeira de Jundiaí. No inicio o grupo se reunia na rua para falar a respeito da entidade, mas depois alguns trabalhadores foram se interessando pela Associação e ficando sócio.

Todos contribuíam mensalmente com uma pequena quantia em dinheiro para manutenção dos gastos. Alguns anos se passaram e movimento foram crescendo e mais associações de trabalhadores foram surgindo, mas tudo era feito em sigilo sem chamar atenção das forças militares.

Sindicalista na época era tido como baderneiro e a policia vivia no encalço deles. Passado o tempo, no inicio dos anos 50, a Associação adquiriu sua sede própria na Avenida Doutor Cavalcanti - 252.Em 8 de janeiro de 1958, a Associação se transforma em Sindicato dos Oficiais Marceneiros e Trabalhadores nas Indústrias de Móveis de Madeira de Jundiaí e o primeiro presidente foi Júlio Brunheroto. Passado alguns da transformação, dois sindicatos se juntou para unir forças. No dia 26 de fevereiro de 1958, se reuniram em assembleia geral e extraordinária os associados do Sindicato dos Oficiais Marceneiros e Trabalhadores nas Indústrias de Móveis de Madeira de Jundiaí e do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Cerâmica para Construção de Jundiaí e dai surgiu uma fusão.

Na época o Sr. João Polini, associado do Sindicato nas Cerâmicas foi o secretário durante a assembleia e a presidência dos trabalhos ficou por conta do Sr. Roberto Ligiéri que nomeou um segundo secretário o Sr. Luiz Rodrigues. Ficou definido que todos os bens, os compromissos e o dinheiro em caixa do Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias de Cerâmica para Construção de Jundiaí ficou para o Sindicato dos Oficiais Marceneiros e Trabalhadores nas Indústrias de Móveis de Madeira de Jundiaí, inclusive o nome da entidade foi mudado e passou a ser Sindicato dos Trabalhadores nas Indústrias da Construção e do Mobiliário de Jundiaí e Região. Após a fusão, a diretoria composta por cinco membros ficou da seguinte forma: Júlio Brunheroto presidente, primeiro e segundo secretários Vasco Baialuna e Oscar de Oliveira e primeiro e segundo tesoureiros Eduardo Piovesan e Leonelo Vicente. Antes da montagem desta chapa que foi eleita por aclamação da maioria os companheiros Oscar de Oliveira e Leonelo Vicente que eram sócios do sindicato extinto foram convidados a fazer parte da nova diretoria que tomava posse naquele local para um trabalho que começa após a assembleia.

Fique Sócio

Com a Reforma Trabalhista em vigor, todo trabalhador deve ser sócio do Sindicato. Os associados tem muitos benefícios: pode usar o departamento jurídico da entidade, usufruir da Colônia de Férias em Mongagua, se beneficiar de descontos em faculdades e cursos técnicos para o sócio e seus dependentes, tem direito a todas as conquistas realizadas pelo Sindicato. Ser sócio e financiar sua entidade sindical e garantir que sempre seus dirigentes vão estar lutando pelos seus direitos. Sindicato e união.

Fique Sócio